Calendário de Exibições

junho 2018
seg ter qua qui sex sáb dom
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930 

Archive for 'Cinema Brasileiro II'

Serras da Desordem

[ 3 de julho de 2008; 18:30 até 21:00. ] Carapiru é o protagonista da sua própria história. Isso pode soar redundante fora de contexto, porém é exatamente isso que se faz no mais recente filme de Andrea Tonacci, em Serras da Desordem, Carapiru encena momentos de sua vida, a trajetória do índio que depois de ter […]

O Signo do Caos

[ 26 de junho de 2008; 18:30 até 21:00. ]  "A imagem do caos é o próprio caos." 

Situar um personagem principal em O Signo do Caos pelo seu tempo presente na tela é negar que todos circundam no ídolo maior de Sganzerla: Orson Welles. It’s All True, o projeto, perdido, filmado no Brasil do americano […]

Santo Forte

[ 19 de junho de 2008; 18:30 até 21:00. ] Quais são as potências e os limites da entrevista? Se o cinema de Eduardo Coutinho pretende o registro de uma vivência, uma experiência, é na fala de seus entrevistados – personagens, como ele normalmente os chama – que o diretor pretende encontrá-la. É também possível […]

Das Tripas Coração

[ 5 de junho de 2008; 18:30 até 21:00. ] Os modernistas já alertavam a sociedade, através de suas obras, de um impiedoso patriarcalismo no sistema social brasileiro, que se refletia na arte, com uma hierarquização e canonização de autores do sexo masculino em detrimento de autoras femininas. O espaço da mulher na arte ao […]

Eles Não Usam Black-Tie

[ 29 de maio de 2008; 18:30 até 21:00. ] Eles não usam black-tie (1981) de Leon Hirszman não é bem uma “adaptação fiel” à peça escrita por Gianfrancesco Guarnieri (ator e co-roteirista do filme) em 1956. O diretor buscou alternativas que transpõem, transfiguram e transcendem a obra inicial. Mas do que valeria fazer uma cópia “fiel” […]

Zezéro
SuperOutro

[ 27 de maio de 2008; 18:30 até 21:00. ] O cinema deve alcançar a população, ir de encontro a ela; e este cinema é precário, já se percebeu e se deve partir deste ponto: não há recursos técnicos; financeiros, menos. Pouco importa. O Cinema Marginal (ou Udigrudi) e sua ‘estética’ não são, em si, inovações pensadas, […]

A Lira do Delírio

[ 15 de maio de 2008; 18:30 até 21:00. ] “A Lira do Delírio” não é um filme de fácil embalo, desses que alimentam uma (quase) que imediata imersão do espectador no universo que se revela a sua frente. A sensação geral é de uma espécie de improviso, um improviso que se pretende trasmutar em obra viva, […]

O Ritual dos Sádicos

[ 8 de maio de 2008; 18:30 até 21:00. ] "Desculpe, mas Zé do Caixão ficou no cemitério. O senhor está falando com José Mojica Marins" afirma o cineasta em determinado momento de Ritual dos Sádicos. O filme não irá tratar do famoso coveiro como figura real da diegese, mas como personagem, mito produzido pela cultura de […]

Copacabana Mon Amour

[ 30 de abril de 2008; 18:30 até 21:00. ] “O ser é o mal-estar”

Júlia Kristeva 

Brasil, 1970. A conjuntura política é nuançada pela perseguição, pela tortura, pelo veto, pela censura. Nas artes, as possibilidades revolucionárias experimentadas no início da década anterior, como o Cinema Novo, estão desmoralizadas pela derrota. A atmosfera que as cobre parece querer […]

Macunaíma

[ 24 de abril de 2008; 18:30 até 21:00. ]

Florestas, chuva, brincadeiras, buscas, cidades, ruas, movimento, pessoas, fantasias, coloridos, máquinas, gigantes, guerras, sangue, fugas, gritos, “ah, que preguiça!” Assim se configura Macunaíma, de Joaquim Pedro de Andrade, numa convulsão de acontecimentos e exageros, um constante regurgitar antropofágico, para fazer a trivial analogia aqui cabível.

Baseado […]