Próximas exibições

Receba a programação por e-mail

Calendário de Exibições

junho 2017
seg ter qua qui sex sáb dom
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930EC

Pesquisar

Textos das sessões passadas

Quem Somos

Cineclube Rogério Sganzerla surgiu da urgência sentida pelos alunos do recém criado Curso de Cinema da UFSC (2005) em discutir de forma mais sistemática, através da exibição de filmes, questões ligadas à história e teoria do cinema dentro da comunidade universitária e local. Em meados de 2005 foram exibidos filmes como “Monty Phyton e o Sentido da Vida”, “Amor a Flor da Pele”, “Drugstore Cowboy”, “Touro Indomável” e “Todas as Mulheres do Mundo”, para chamar a atenção da comunidade universitária e averiguar qual seria o formato e caráter ideal para as atividades do cineclube.

O formato escolhido então foi o de sessões semanais, priorizando filmes de importância histórica e estética de difícil acesso na cidade, organizadas por temas gerais e seguidas por debates. Além disso, os organizadores confeccionariam um texto introdutório e produziriam divulgação e um site na internet com informações sobre o projeto. Assim, o primeiro tema escolhido foi Clássicos do Cinema Brasileiro, exibindo alguns filmes que marcaram a cinematografia brasileira, como “Limite”, “Deus e o Diabo na Terra do Sol” e “Matou a Família e Foi ao Cinema”. Outros temas em proposição são Cinema Clássico, Cinema de Vanguarda, Cinema Moderno e Cinema Contemporâneo.

Desta forma, em 2006, o Projeto de Extensão Cineclube Rogério Sganzerla foi contemplado pelo DAEx (programa de extensão universitária) e começou suas atividades em julho de 2006, exibindo em sua inauguração, em homenagem ao seu patrono, o filme “O Bandido da luz Vermelha” (1968). Depois da sessão houve o primeiro debate do cineclube, em que foi convidado o coordenador do curso, Professor Mauro Eduardo Pommer, para iniciar as atividades.

Desde então o cineclube é conduzido por um grupo de alunos e conta com o apoio do CACine (Centro Acadêmico do Curso de Cinema da UFSC) e do LEC (Laboratório de Estudos de Cinema). Com suas atividades já estabilizadas, o objetivo é tornar este projeto de extensão parte estrutural das atividades do curso de cinema, estando bem articulado com sua graduação, além de fazer parte do calendário cultural da UFSC e de Florianópolis.

Professor coodernador:
Jair Tadeu Fonseca